Sexta-feira, 29 de Abril de 2005

MENSAGEM

DEVER DO POETA É CANTAR COM SEU POVO E DAR AO HOMEM O QUE É DO HOMEM:
SONHO E AMOR. LUZ E NOITE, RAZÃO E DESVARIO
PABLO NERUDA - Prólogo de Las Piedras de Chile

O meu dever, Neruda, se é que de dever devemos falar, antes prazer, é ler, apreciar e tentar encontrar a mensagem que escondeste!
Vou cantar contigo, vou sonhar e amar alguém, procurando o sol para me embelezar, entrar na noite para conhecer a razão e o desvario de que falas.
Não para ocultar os pecados, porque querer amar e ser amado não é pecado, nem é uma conquista!
Acontece apenas!
publicado por Remember às 13:52
link do post | comentar | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ALMA

. DESAFIO

. VOLTAR

. SÓS

. EFECTIVAMENTE

. GOZAR

. NO MUNDO

. FRIO

. COISAS

. BOM LIVRO

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds