Quinta-feira, 2 de Novembro de 2006

TRAVO AMARGO

E, então a noite caiu, para que não se falasse
do cair da noite. A noite caiu tão fria como as
últimas noiteS que cairam, neste princípio de Inverno e
ninguém pôs um colchão por baixo dela para que a
noite não se magoasse, ao cair
Noite e Dia - de Nuno Júdice - As coisas mais simples
O meu comentário??
Porque é que não nos lembramos dos outros...
Do sofrimento, da dor que atravessa a noite dos outros...
Porque é que só pensamos que não nos diz respeito....
Egoísmo nosso,
porque aquilo que acontece aos outros,
um dia também nos acontecerá...
Eu sei....
Aconteceu-me e
ainda hoje sinto o travo amargo da culpa e do remorso.......
publicado por Remember às 13:50
link do post | favorito
De Alexandre a 2 de Novembro de 2006 às 15:26
A noite é a verdade! A noite é o ponto de encontro das dúvidas, das incertezas, das fragilidades, tudo se revela à noite... porque a claridade do dia encandeia os pensamentos e os sentimentos, à noite é tudo mais real!
Comentar:
De
 
Nome

Url

Email

Guardar Dados?

Ainda não tem um Blog no SAPO? Crie já um. É grátis.

Comentário

Máximo de 4300 caracteres



Copiar caracteres

 


.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ALMA

. DESAFIO

. VOLTAR

. SÓS

. EFECTIVAMENTE

. GOZAR

. NO MUNDO

. FRIO

. COISAS

. BOM LIVRO

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds