Terça-feira, 27 de Junho de 2006

ALICIANTES

É nas linhas das mãos que os deuses escrevem
os mais belos romances. Nas nossas, porém,
somente elaboraram um divertimento, um
esboço, um rascunho, nem sequer literatura
de Maria do Rosário Pedreira - A Casa e o Cheiro dos Livros

O meu comentário??
Terminar uma relação é sempre difícil e não sei realmente se as linhas das mãos definem a nossa vida.
O amor é feito de esboços, de rascunhos e raramente se torna literatura - porque o amor, como a vida, é feito de mistérios, de desencontros que o tornam aliciante....
publicado por Remember às 13:42
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Sexta-feira, 23 de Junho de 2006

RAIZ DO AMOR

Ei-la a cidade prometida
esperamos por ela tanto tempo
que tememos olhar o seu perfil exacto
flor da raiz que somos, meu amor
de Daniel Filipe - A Invenção do Amor e outros Poemas
O meu comentário??
O amor é uma cidade?
Talvez - é algo que cresce em nós, que segue os nossos passos e morre connosco.
É, o amor é realmente a raiz da nossa vida!
publicado por Remember às 13:41
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito
Terça-feira, 20 de Junho de 2006

FORMA DE AMAR

Li um dia, não sei onde,
Que em todos os namorados
Uns amam muito, e os outros
Contentam-se em ser amados...
De Florbela Espanca - Quem ama e quem é amado?

O meu comentário?
Creio que, de uma forma ou outra, todos amamos alguém ou alguma coisa...
Muitas vezes, a ideia que cada um faz do amor difere da do parceiro, mas o fundamental em qualquer relação, é o respeito e a vontade para que tudo tenha um sentido.
Essa é uma forma de amar........
publicado por Remember às 12:16
link do post | comentar | ver comentários (1) | favorito
Domingo, 11 de Junho de 2006

CANTAR AMOR

Descerro a aurora com
palavras graves, cantando.
Reinvento a melodia, o sol aberto,
o amor pelas esquinas, a marca sensual
nos ombros nus, a memória da infância,
a tua face - e canto.
Inutilmente embora, canto
De Daniel Filipe - A Invenção do Amor
O meu comentário?
Continua a achar que nada no amor se inventa.
Apenas se sente - deixando o peito aberto para receber o que a sensualidade nos vai revelando.
Moldando-nos, aprofundando-nos os sentidos e desfazendo-nos os medos!!!
publicado por Remember às 11:19
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Terça-feira, 6 de Junho de 2006

O AMOR INVENTA-SE????


Um homem e uma mulher que tinham olhos e coração e fome
de ternura e souberam entender-se sem palavras inúteis
Apenas o silêncio A descoberta A estranheza
de um sorriso natural e inesperado
de
Daniel Filipe - "A Invenção do Amor e Outros Poemas"

O meu comentário?
Quando a paixão e o amor falam mais alto, as palavras são realmente inúteis - apenas dão voz à verdade viva dos olhos e do corpo!
O silêncio já registou, ocultou tudo e apenas o sorriso denuncia aos olhos dos outros a chama que ali está a viver!
publicado por Remember às 13:55
link do post | comentar | ver comentários (3) | favorito
Quinta-feira, 1 de Junho de 2006

SER INFINITO

..........................
Eu possa me dizer do amor (que tive):
Que não seja imortal, posto que é chama
Mas que seja infinito enquanto dure.
Vinícius de Moraes - Soneto de Fidelidade

O meu comentário??
Se é infinito, não devia acabar!
A triste verdade é que, por vezes, termina!
Talvez o infinito aqui signifique único!
Talvez porque a forma de amar não se repete!
publicado por Remember às 14:00
link do post | comentar | ver comentários (2) | favorito

.mais sobre mim

.pesquisar

 

.Julho 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
13
15
16
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30
31

.posts recentes

. ALMA

. DESAFIO

. VOLTAR

. SÓS

. EFECTIVAMENTE

. GOZAR

. NO MUNDO

. FRIO

. COISAS

. BOM LIVRO

.arquivos

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

. Junho 2006

. Maio 2006

. Abril 2006

. Março 2006

. Fevereiro 2006

. Janeiro 2006

. Dezembro 2005

. Novembro 2005

. Outubro 2005

. Setembro 2005

. Agosto 2005

. Julho 2005

. Junho 2005

. Maio 2005

. Abril 2005

. Março 2005

. Fevereiro 2005

. Janeiro 2005

. Setembro 2004

. Agosto 2004

. Julho 2004

. Junho 2004

. Maio 2004

blogs SAPO

.subscrever feeds